Nokia inova e cria tecnologia que dobrará a carga de baterias sem aumento das mesmas.

Já pensou em dobrar a carga sem o aumento da bateria? Sim, a Nokia trouxe essa inovação. O Nokia Bell Labs, aliado da empresa finlandesa atenta em pesquisa industrial e desenvolvimento científico, desenvolveu uma nova tecnologia, em que a bateria pode aumentar o tempo de duração da carga de um smartphone em 2,5 vezes no mesmo volume sem deixar a mesma mais pesada. Através de um informe pesquisadores anunciaram que houve o registro do projeto em aberto a todos e logo deve se iniciar a comercialização.

Baterias com esse tipo de tecnologia vem se familiarizando à medida que o 5G vai se aproximando, desse modo exige um esforço da indústria de telefonia para o desenvolver produtos que suportem os requisitos de energia da próxima geração de telefones móveis, sendo que a rede 5G consome mais energia do que a 4G. Todas essas mudanças tecnológicas foram desenvolvidas em parceria com o Advanced Materials and BioEngineering Research (AMBER), centro financiado pela Science Foundation Ireland, que tem como funcionalidade conectar os principais pesquisadores com a indústria.

Veja também

Segundo Paul King, membro da equipe técnica da Nokia Bell Labs e um dos principais pesquisadores do projeto, afirma que “Ao colocar mais energia em um espaço menor, essa nova tecnologia de baterias terá um profundo impacto no 5G e em todas as pessoas que estão conectadas em rede”.

“A combinação do conhecimento da indústria e dos dispositivos da Nokia Bell Labs com a experiência em ciência de materiais da AMBER nos permitiu enfrentar um problema difícil envolvendo várias disciplinas. Nossos resultados foram alcançados porque trabalhamos de forma colaborativa”, completou.

A bateria foi elaborada com a ajuda de nanotubos de lítio. A nova tecnologia não aumenta o tamanho da bateria, ou seja, será uma preocupação a menos para as empresas não se comprometerem na espessura dos smartphones consequentes de baterias maiores.

De forma geral, os usuários obterão celulares no padrão atual, só que com uma especificidade exclusiva terá 2,5 vezes mais tempo de execução usando a tecnologia desenvolvida pela Nokia.

FONTE(S) WCCFTECH CNET DIGIT

Deixe um comentário